Follow me on Twitter RSS FEED

Por que eu não consigo pensar com meu cérebro?

          Alô alô devassos e devassas, desculpem novamente pelo atraso nas postagens, acontece que foi uma semana meio corrida, mas quero dizer que já deixei alguns posts prontos para caso algo dê errado.


         Vou começar a postar com alguns intervalos maiores e não todos os dias, ok? Mas fiquem sempre atentos e COMENTEM! Comentários aumentam minha auto-estima e me dão vontade de escrever!

          Trago para você o inédito Capítulo V, uma parte muito importante na vida de nosso personagem e vocês saberão o por quê.

          Para quem não acompanha a história desde o início, vá no Índice de Capítulos, e procure os capítulos que ainda não leu.



Capítulo V – Por que eu não consigo pensar com meu cérebro?

Eu, Júlia, ambos. 

       - Vamos! Ela disse ao parar o carro.


       - Pode deixar, eu consigo ir sozinho... Disse siando do carro, quando peguei a pasta ela já estava atrás de mim para me segurar.


       - Eu ajudo...


       - Não, tudo bem...


       - Só quero saber se vai ficar bem, você está assim por minha causa!


       - Ok... Disse meio à contra-gosto.


       Ela me acompanhou até a porta, girou a chave e abriu o caminho para mim, fomos até a cozinha, que era estilo americana, então tecnicamente já estávamos nela, me servi de água e deixei a pasta na bancada de mármore negro, quando me virei Nicole estava debruçada do outro lado da bancada me olhando.


       - O que foi? Disse relaxado.


       - Nada não, só estava me perguntando porque você não...


       - O que você estava fazendo no banco até tarde da noite?


       Perguntei antes que ela entrasse no assunto de “Por que não me ligou?”


      - Ah... Eu fiquei por que não tinha nada para fazer hoje...


       - Tem certeza?


       - É...


       Felizmente a sueca não mentia bem, era fácil arrancar as coisas dela.


      - E por que passou na minha sala?

       - Eu sinto falta do seu perfume. - Lancei um olhar cético para ela e abri a geladeira para pegar um gelo saco de gelo.


       Ela lambeu os lábios em uma tentativa forçada de me distrair. Deu um pouco certo pois logo pensei “Deus! Como esqueci que a boca dela era tão grande?”.


       - Vamos, Nicole... Diga-me a verdade.


       - Ok, ok. Eu ia pegar a estátua de bronze que te dei de presente.


       - Por que?


       - Por que eu acho que fica muito brega na sua estante.


       - Tente de novo.


       -Por que era do meu pai. - Ela disse se aproximando.


       - Não me convenceu.


       - Por que ganhei do meu ex. - Ainda mais perto.


       - Não teste minha paciência.


       - Eu ia roubar da sua sala, por que então você viria falar comigo – Ela tocou meu no rosto.


       Franzi as sobrancelhas.


       - Eu ia quebrar seu desktop e a janela também.


       Doida, maluca, insana. Doida, maluca, se concentra Rodrigo. Ma... mãos grandes... loira, doida, sádica... Deus que boca!


       Já podia sentir seu hálito doce, sua boca quase encostada na minha.
       Doida, sádica... Dinheiro, trem, gatinhos atropelados, minha avó pelada, não, Rodrigo, não faça isso...

***

       - Ai!


       - O que foi?


       - Minhas costas machucadas!


       - Tudo bem, calma, isso, pronto, tá melhor?


       - Aham...

***

Merda, Rodrigo! Pensei quando vi aquela loira indo tomar banho.


Escondi o rosto no travesseiro para abafar o grito, mordi com raiva a fronha.


Por que eu não consigo pensar com meu cérebro?!

------------------


Música do DIA! Need You Now – Lady Antebellum. Essa música ficou extremamente popular, mas ainda assim é boa, os dois vocalistas tem uma sintonia quase perfeita, o que deixa a música extremamente audível.

2 comentários:

Anônimo disse...

Escondi o rosto no travesseiro para abafar o grito, mordi com raiva a fronha.

Morder a fronha não é algo masculo né EAHAEHAEHAEH

Mas não comeu, perdeu =p


www.ahistoriacomoelafoi.zip.net

Priscila Dantas disse...

olá meu nome é Priscila e tenho 22 anos de idade tem momentos em minha vida que não consigo para e pensar nas situações q acontece comigo não sei mais gostaria de uma ajuda TUDO que as pessoas falam para mim me esqueço , não consigo gravar as palavras e outras coisas a mais.... me sinto mal com essa situação ,

Postar um comentário